Usamos cookies. Se concordar, pode continuar a navegar.
Programas e Destinos
Selecione a estância de ski
Check-in
Check-out

Que tipo de máscara posso utilizar para esquiar esta temporada?

 

Olá Esquiadores & Snowboarders!

Hoje vimos aqui falar de algo que pode ser interessante. Que tipo de máscara facial tenho de utilizar nas pistas?

 

Desde que o COVID-19 apareceu, tivemos que nos adaptar a várias mudanças no nosso dia a dia. Que restrições Covid as estâncias e os hóteis vão adoptar? Quais os protocolos de segurança? As pistas estarão abertas? Recomendamos esquiar nesta temporada?

 

Bem,.. para além disso,.. há algo que nos tem preocupado,... o uso da máscara, afinal de contas,... ainda está aqui conosco e não tem intenção de sair tão cedo,... então é melhor habituarmo-nos!

 

Este extra já faz parte dos elementos mais importantes do nosso look diário.

 

 

A máscara facial já é obrigatória

 

Em temporadas anteriores já deve ter utilizado um buff como máscara nos dias mais friorentos. Portanto,.. esquiar com uma máscara não é propiamente uma novidade ;-)

 

Observação: muitos resorts de ski exigem apenas o uso de máscaras nos meios mecânicos e zonas fechadas. Isso pode variar dependendo do destino ou se atualizarem as restrições, devido ao aumento de casos ou aparecimento de novas variantes do coronavírus.

 

Desde o início da temporada, recebemos algumas perguntas sobre qual tipo de máscara a usar e qual a melhor opção. Vamos esclarecer essas dúvidas! Queremos contar-lhe quais são os diferentes tipos de máscaras disponíveis no mercado para esquiar da maneira mais segura possível.

 

 

Antes de começar… Noções básicas sobre a máscara

 

Antes de começar, vamos indicar-lhe alguns conceitos básicos. Por exemplo, a sigla FFP (Filtering Face Piece) geralmente vem acompanhada de um número. Esta numeração indica a percentagem mínima de filtragem ➡ essas máscaras são autofiltrantes para partículas.

 

As máscaras que possuem essas siglas são as mais recomendadas e estão aprovadas pela União Europeia.

 

As máscaras FFP1 filtram 78% das partículas; as FFP2 tem uma eficácia de 92%; e as FFP3 são 98% seguras.

 

Deve saber que as máscaras higiénicas não são EPI (equipamentos de proteção individual). A sua função principal é não contaminar outras pessoas, superficíes ou alimentos.

 

 

Esquie com máscara para garantir a sua segurança e a dos outros esquiadores!

 

 

Em relação à colocação da máscara, o mais importante é não tocar no tecido externo ou interno da mesma. As mãos podem estar contaminadas e assim transferir o vírus para a máscara. Aqui estão algumas dicas sobre como colocar a máscara:

 

1) Lave as mãos ou desinfete-as antes de a colocar.

 

2) Retire a máscara do plástico.

 

3) Coloque os elásticos atrás das orelhas (ou na nuca, ou capacete...) tudo sem tocar no tecido interior / exterior com as mãos.

 

4) Cubra o nariz, a boca e o queixo com a máscara.

 

5) Se sua máscara tiver uma faixa metálica, ajuste-a à pele sem tocar no tecido.

 

 

Por outro lado, enquanto estiver de máscara, tente não mudá-la de posição, e não baixá-la para falar, espirrar ou tossir.

 

Para removê-la, faça-o da mesma forma que a colocou, lavando as mãos e retirando-o pelos elásticos.

 

Bem!? Agora que já sabe o básico sobre a máscara... vamos partir para outro ponto fundamental: que tipo de máscara precisa para esquiar.

 

 

 

É esta a máscara que precisa para esquiar esta temporada?

 

Ainda precisamos de máscara para esta temporada?

 

Devido ao aumento de casos COVID-19, o aparecimento de novas variantes (como a ÓMICRON) e a falta da tão esperada imunidade de grupo, esta temporada será igual a anterior. Embora estejamos numa situação menos grave, graças à vacinação realizada nos últimos meses.

 

A máscara demonstrou ser eficaz em impedir a propagação, quando utilizada corretamente. Então, gostemos ou não, usar a máscara voltar a uma certa "normalidade".

Para poder praticar o nosso hobby favorito: esqui e snowboard. Em muitas estâncias, o uso da máscara é solicitado apenas nos meios mecânicos e circulação em espaços fechados, quando o distanciamento social não pode ser mantido com outras pessoas,. etc. Recomendamos que verifique as restrições sobre o destino antes de ir, pois cada país/região tem as suas próprias medidas e restrições. Mais informações aqui

 

Esquiar com máscara higiénica, cirúrgica e autofiltrante

 

Posso esquiar com uma máscara higiénica?

 

As máscaras higiénicas são artigos reutilizáveis (R) ou não reutilizáveis (NR), com referência UNE 0064-1:2020 para adultos e UNE 0064-2:2020 adequado para crianças.

A composição das máscaras higiénicas é uma ou várias camadas de equipamentos têxtil. E dependendo do tipo que escolheu (NR ou R) pode usá-lo por um determinado período de tempo. As não reutilizáveis devem ser colocadas fora após um uso, e recomenda-se não usá-las por mais de 4 horas. Por outro lado, nas máscaras higiénicas reutilizáveis deve-se observar a etiqueta do fabricante para verificar o número de lavagens permitidas.

 

De acordo com a OCU, as máscaras higiénicas NR têm 95% de filtragem de partículas.

 

 

 

E com máscara cirúrgica é possível esquiar?

 

O próximo tipo são as máscaras cirúrgicas. Possuem uma marca CE que garante que o produto está em conformidade com a legislação e a referência à norma UNE EN 14683 que garante o cumprimento do padrão de qualidade. Este é um item sanitário que pode encontrar em farmácias p.ex.

 

O seu uso é recomendado para pessoas positivas infectadas, sintomáticas ou assintomáticas, pois são projetadas para proteger aqueles que estão próximos ao portador.

 

Assim como as máscaras higiénicas, o seu uso recomendado, é de quatro horas no máximo. Da mesma forma, a eficácia da filtração bacteriana (EFB) varia dependendo do tipo de máscara:

 

– Tipo I → Igual ou superior a 95%

 

– Tipo II → Igual ou superior a 98%

 

 

 

Esquiar com máscara higiénica e cirúrgica é possível, mas não são as mais recomendados para a prática de desporto, por causarem alguma sensação de desconforto.

 

 

 

Esquiar com máscara cirúrgica é seguro!

 

 

Esquiar com máscara autofiltrante! Sim ou não?

 

E como são as máscaras autofiltrantes? Estas são FFP2, FFP3 e N95, sem válvula. Seu uso é recomendado para profissionais de saúde e pessoas com COVID-19 confirmada ou assintomáticos.

 

O seu principal objetivo é proteger a pessoa que o usa da inalação de patógenos como o COVID-19. Para garantir a sua proteção, deve ser colocada, alcançando o máximo de hermetismo facial.

 

 

 

 

A máscara autofiltrante recomendada para esquiar é a FFP2

 

 

 

Esquiar com uma máscara de pano de filtro

 

Máscaras de pano são um must para muitas pessoas! Porque além de poder fazê-las em casa, ao seu gosto e com as suas medidas, também pode comprar designs cool (importantes para quem cuida da sua imagem pessoal e dos seus looks!).

 

Em abril de 2020, o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) informou que as máscaras faciais de pano podem ser utilizadas para retardar a propagação da COVID-19.

Outra forma seria usar uma máscara cirúrgica e uma caseira por cima. Assim garante sua eficácia, e além disso, dá o seu toque 'fashion' para que não seja a mesma máscara que os outros usam ;-)

 

As mais eficazes devem ter mais de uma camada de pano de algodão. Não se esqueça que esses tipos de máscaras não estão homologadas pela UE!

 

 

 

 

 

O filtro evita que respire quaisquer partículas indesejadas . Os aprovados são os TNT SMS. Não são reutilizáveis, embora a máscara POSSA ser lavada e recolocada, os filtros devem ser descartados. Com esta ação consegue neutralizar o vírus.

 

 

Quer fazer uma máscara de filtro?

 

– Corte 2 retângulos com as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde: 9,5 cm x 18 cm (adultos) e 6,5 cm x 15 cm (adequado para crianças).

Atenção: o tecido da máscara deve ser de algodão e os retângulos são colocados um em cima do outro.

 

– A parte mais longa dos 2 tecidos de algodão sobrepostos é dobrada para formar uma bainha, costure um lado.

 

– Em seguida, faça o mesmo com os lados mais curtos. Neste caso, costure os dois lados. Deixe um espaço para passar a borracha que vai segurar a máscara!

 

– Para finalizar, passe o elástico facilmente com uma agulha e dê um nó nas pontas. Costure o elástico nos quatro cantos da bainha para evitar que se mova.

 

– Insira o filtro na abertura e aproveite sua máscara com segurança!

 

 

 

Este esquiador usa uma máscara de pano com filtro!

 

 

Esquiar com máscara desportiva

 

Esses tipos de máscaras tornaram-se o melhor aliado para realizar atividade física no exterior. A tecnologia que foi implementada nos têxteis desta nova máscara desportiva, torna o exercício com a máscara bastante mais confortável. As fibras repelem a humidade e secam rapidamente!

 

Mesmo que pratique ski e snowboard com distanciamento social, cobrir a boca e o nariz ajuda a reduzir o risco de contágio.

 

Estes tipos de máscaras são respiráveis, pelo que eliminam o CO2 para o exterior, permitindo a entrada de oxigénio para reduzir a sensação de desconforto que pode ser comum a outras máscaras.

 

 

Máscara desportiva → Confeccionada com tecidos altamente respiráveis

 

 

Ao escolher uma máscara para esquiar ou praticar desporto, é importante observar que elas são feitas de tecido .

Preste atenção no número de lavagens que pode fazer e quantas horas pode utilizá-la sem que a sua proteção diminua.

 

As máscaras desportivas são uma excelente opção para esquiar de maneira mais confortável. Dificilmente notará que a está a utilizar!

 

Após horas de pesquisa, encontrámos a melhor máscara para esquiar da maneira mais segura e confortável .

 

Quer saber qual é a melhor máscara?

 

Então a vencedora é > The SALOMON SPORTS MASK. Esta, é uma máscara leve que evita a humidade e permite que respire facilmente. Possui pregas e uma malha de TPU para manter o tecido longe do rosto.

 

Esta malha é projetada de forma a adicionar volume à frente da boca para que possa respirar mais facilmente enquanto esquia.

 

E é reutilizável ! Pode utilizá-la e lavá-la até 50 vezes (lavagem a um máximo de 40°C).